Consórcio de carros: Como Funciona? Como fazer e muito mais!

      Comentários desativados em Consórcio de carros: Como Funciona? Como fazer e muito mais!

Atualmente, o consórcio tem sido uma das alternativas mais viáveis para aqueles que querem realizar o sonho de comprar ou trocar de carro.


Porém, ainda podem existir algumas dúvidas sobre o funcionamento de um consórcio. Pensando justamente nisso, resolvemos esclarecer aqui alguns questionamentos mais comuns sobre essa modalidade.

De que forma consigo ser contemplado em um consórcio de carros? E se eu atrasar alguma parcela? A administradora que eu escolhi é confiável?


Se quer saber as respostas para essas e muitas outras perguntas, confira o que preparamos para você!

Consórcio de carros

COMO EXATAMENTE FUNCIONA UM CONSÓRCIO?

Desde quando é autorizada a funcionar pelo Banco Central, a administradora começa a reunir grupos de pessoas interessadas em comprar determinados bens, que podem ser, por exemplo:

  • um carro zero;
  • um carro seminovo;
  • um terreno;
  • um imóvel;
  • uma moto;
  • algum tipo de serviço.

É necessário atingir um número mínimo de consorciados para que o sorteio mensal desse bem se torne viável.

Nesse formato, cada membro contribui com um valor mensal durante todo o tempo de vigência do consórcio.

Esse montante é usado para formar o chamado fundo comum, uma reserva que é rentabilizada para garantir seu poder de compra.

O QUE ACONTECE SE EU ATRASAR AS PARCELAS?

Caso alguma dificuldade aconteça, é possível que você não consiga quitar as parcelas do consórcio no tempo certo.

O problema é que, atrasando as parcelas por muito tempo, a conquista do seu carro novo pode ser prejudicada.

Se ainda faltarem muitas parcelas e você não tiver sido contemplado, pode ser retirado do grupo para não comprometer seu andamento e, consequentemente, os demais consorciados.

Se já tiver sido contemplado e parar de pagar as parcelas por quaisquer motivos, a administradora pode até pedir a apreensão do veículo. Imagine só o transtorno!

Para não ter que lidar com esse tipo de situação, a melhor estratégia é pensar em como se ajudar. E há algumas boas opções.

CONTEMPLAÇÃO E CARTA DE CRÉDITO

Todo mês é realizada uma assembleia que reúne todos os participantes do grupo de consorciados.

Nessa ocasião, pelo menos um deles ganhará, por meio de sorteio, uma carta de crédito correspondente ao valor estabelecido em contrato.

Outros membros do grupo também podem ser contemplados dando bons lances — o que explicaremos melhor adiante. Além disso, cada consórcio pode durar entre 1 e 8 anos, dependendo do plano escolhido.

COMO FAÇO PARA PARTICIPAR DE UM CONSÓRCIO DE CARROS?

Para começar, procure uma administradora de consórcios confiável. É simples: corra ao site do Banco Central e pesquise a lista das empresas que têm autorização para atuar no ramo.

É importante fazer uma boa escolha para garantir que o dinheiro guardado para a compra do carro será adequadamente administrado, permitindo que cada membro receba seu bem.

Vale dizer que existe a possibilidade de entrar em um grupo de consorciados que ainda está iniciando ou em um já formado, inclusive com sorteios em andamento.

PAGAMENTOS MENSAIS DO CONSÓRCIO

Começam a partir daí os pagamentos mensais. O boleto chega na casa dos consorciados todos os meses, podendo ser pagos na rede bancária ou em caixas eletrônicos. Eles contêm informações bastante úteis, como:

  • as datas dos sorteios;
  • as pedras-chave contempladas por sorteio e lance.

Muitas administradoras também oferecem a opção de débito automático das mensalidades em conta bancária. Lembrando que as parcelas podem ser reajustadas, dependendo do aumento do valor de venda do veículo pretendido. Isso acontece para garantir o objeto do consórcio: a compra do bem.

Por fim, vale ressaltar que todas as parcelas precisam ser pagas, mesmo após a contemplação, e que não existem juros incidindo sobre os valores, apenas uma taxa de administração para manter os custos da empresa responsável pela gestão do consórcio.

QUANDO VOU TER MEU CARRO EM MÃOS?

Como já antecipamos, todo mês um consorciado recebe a carta por meio de sorteio. Assim, você pode conseguir sua carta de crédito tanto no primeiro mês, caso dê a sorte de ser sorteado logo, como no último, se os demais forem contemplados antes de você.

No entanto, outros também podem ser contemplados, desde que deem lances vencedores. No lance, leva a carta o participante que conseguir antecipar mais parcelas.

No entanto, se você deu um lance e ele não foi vencedor, pode simplesmente guardar seu dinheiro para tentar fazer uma oferta maior na próxima oportunidade.

O consórcio vale a pena?

A resposta é sim, vale a pena. Contudo, reforçamos a ideia de que a melhor maneira de adquirir um bem de alto valor é pagando à vista. Ter todo o dinheiro em mãos é uma vantagem estratégica que poderá lhe ajudar a conquistar descontos, além de aumentar a sua margem de negociação.